27/07/14

ao fim da tarde






© antónio alves
figueira da foz, 26.07.14

jazz, em noites de verão

em coimbra, de julho a setembro, aos fins-de-semana, há concertos de jazz nas escadas do quebra-costas.
há dois anos que assisto pelo menos a um concerto por semana.
são noites de verão bastante agradáveis!


 © antónio alves
19.07.14



© antónio alves
25.07.14

24/07/14

15/07/14

"Estou além" - António Variações

"Estou além" - letra e música de António Variações.


Não consigo dominar
Este estado de ansiedade
A pressa de chegar
P’ra não chegar tarde
Não sei de que é que eu fujo
Será desta solidão
Mas porque é que eu recuso
Quem quer dar-me a mão

Vou continuar a procurar a quem eu me quero dar
Porque até aqui eu só

Quero quem
Quem eu nunca vi
Porque eu só quero quem
Quem não conheci
Porque eu só quero quem
Quem eu nunca vi
Porque eu só quero quem
Quem não conheci
Porque eu só quero quem
Quem eu nunca vi

Esta insatisfação
Não consigo compreender
Sempre esta sensação
Que estou a perder
Tenho pressa de sair
Quero sentir ao chegar
Vontade de partir
P’ra outro lugar

Vou continuar a procurar o meu mundo, o meu lugar
Porque até aqui eu só

Estou bem
Aonde não estou
Porque eu só estou bem
Aonde eu não vou
Porque eu só estou bem
Aonde não estou
Porque eu só estou bem
Aonde não vou
Porque eu só estou bem
Aonde não estou

14/07/14

The Distortion of Sound (documentário)

Documentário sobre o decréscimo da qualidade do som e o modo como a tecnologia tem alterado a maneira como ouvimos música.




09/07/14

17 coisas que as pessoas de sucesso fazem diarimante

1. Tem um sentimento de gratidão
2. Elogiam
3. Dão às outras pessoas o crédito para suas vitórias
4. Leem todos os dias
5. Falam sobre idéias
6. Compartilham informações e dados
7. Exalam alegria
8. Abraçam a mudança
9. Mantém uma “lista de coisas a fazer”
10. Perdoam
11. Aceitam responsabilidade por seus fracassos
12. Mantém um diário
13. Querem que os outros tenham sucesso
14. Se espelham em pessoas bem sucedidas
15. Estabelecem metas e desenvolvem planos de vida
16. Continuamente aprendem
17. Operam a partir de uma perspectiva de transformação
retirado daqui 

06/07/14

paciência

"Já não tenho paciência para algumas coisas, não porque me tenha tornado arrogante, mas simplesmente porque cheguei a um ponto da minha vida em que não me apetece perder mais tempo com aquilo que me desagrada ou fere. Já não tenho pachorra para cinismo, críticas em excesso e exigências de qualquer natureza. Perdi a vontade de agradar a quem não agrado, de amar quem não me ama, de sorrir para quem ... quer retirar-me o sorriso. Já não dedico um minuto que seja a quem me mente ou quer manipular. Decidi não conviver mais com pretensiosismo, hipocrisia, desonestidade e elogios baratos. Já não consigo tolerar eruditismo selectivo e altivez académica. Não compactuo mais com bairrismo ou coscuvilhice. Não suporto conflitos e comparações. Acredito num mundo de opostos e por isso evito pessoas de carácter rígido e inflexível. Na Amizade desagrada-me a falta de lealdade e a traição. Não lido nada bem com quem não sabe elogiar ou incentivar. Os exageros aborrecem-me (...). E acima de tudo já não tenho paciência nenhuma para quem não merece a minha paciência."
Meryl Streep

© antónio alves
figueira da foz, 2014